Compartilhar

61º Prêmio Jabuti: conheça os vencedores do maior prêmio do mercado editorial brasileiro

61º Prêmio Jabuti: conheça os vencedores do maior prêmio do mercado editorial brasileiro

O Prêmio Jabuti, o mais expressivo reconhecimento do mercado editorial brasileiro, aconteceu na noite da última quinta-feira, dia 28. A celebração levou ao palco do Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, autores e editores condecorados nas 19 categorias para receber a estatueta dourada. 

“Uma história da desigualdade: a concentração de renda entre os ricos no Brasil 1926 – 2013”, do autor Pedro H. G. Ferreira de Souza, foi a obra vencedora do grande prêmio da noite: a estatueta do “Livro do Ano”. O título também foi premiado na categoria “Humanidades”. 

A editora Charco Press levou para Escócia a estatueta de “Livro Brasileiro Publicado no Exterior”, pela publicação de “A Resistência”. A categoria “Livro Brasileiro Publicado no Exterior” faz parte do trabalho de internacionalização do conteúdo editorial brasileiro promovido pelo Brazilian Publishers, projeto setorial da Câmara Brasileira do Livro (CBL) realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A obra, que ganhou o prêmio de melhor Romance em 2016, é de autoria de Julián Fuks e foi lançada no Brasil pela Companhia das Letras. 

“É uma honra enorme para a gente, porque a Charco Press só existe há dois anos. É a primeira vez que publicamos um romance brasileiro”, disse a editora da casa editorial, Annie McDermott, que viajou até o Brasil para acompanhar a cerimônia da premiação de perto à convite do Brazilian Publishers. Sorridente, ela ainda não acreditava que havia recebido a condecoração. “Ser premiado representa muito para nós”, ressaltou.

Annie conta que conheceu a obra de Fuks por meio do tradutor Daniel Hahn. “Ele me apresentou o livro ‘A Resistência’ dizendo que tinha tudo a ver com a Charco Press. E realmente tem, então resolvemos publicá-la. Estou muito feliz (com o prêmio)”, repetiu, efusiva. 

A gerente de relações internacionais da CBL e gerente do Brazilian Publishers, Fernanda Dantas, explica que a categoria internacional da premiação divulga a literatura brasileira.

“A Apex-Brasil enxerga que a produção editorial brasileira merece destaque internacional por sua enorme relevância. A internacionalização do setor e o reconhecimento das editoras que acreditam no trabalho dos autores brasileiros fortalece o acesso de leitores internacionais à cultura nacional”, disse.

Mais sobre a noite

Um dos momentos mais emocionantes da noite de condecorações foi a homenagem à escritora brasileira Conceição Evaristo. Aclamada pelo público em pé, Conceição recebeu o título de personalidade literária do ano pelo Prêmio Jabuti. Ela é autora de obras que refletem sua trajetória como “Beco das Memórias”, “Insubmissas Lágrimas de Mulheres” e “Ponciá Vicêncio”.

Para o presidente da CBL, Vitor Tavares, o Jabuti acompanha mudanças no Brasil e no mundo, reafirmando a cada ano sua importância no universo literário. “Reconhecido internacionalmente e considerado o prêmio do livro nacional, o Jabuti destaca o melhor da produção de livros brasileiros no último ano. E ainda ajuda a levar a literatura para o jornal diário, para as revistas semanais, para as tvs, internet, até conversa de botequim, aproximando os leitores dos livros”, finaliza. 

Conheça as obras vencedoras nas outras categorias: 

Eixo: Literatura

Conto

1º Lugar – Título: Um beijo por mês | Autor(a): Vilma Arêas | Editora(s): Luna Parque

Crônica

1º Lugar – Título: Pós-F: para além do masculino e do feminino | Autor(a): Fernanda Young | Editora(s): LeYa

Histórias em Quadrinhos

1º Lugar – Título: Graphic MSP – Jeremias: Pele | Autor(a): Rafael Calça, Jefferson Costa | Editora(s): Mauricio de Sousa, Panini

Infantil

1º Lugar – Título: A Avó Amarela | Autor(a): Júlia Medeiros, Elisa Carareto | Editora(s): Ôzé Editora

Juvenil

1º Lugar – Título: Histórias guardadas pelo rio | Autor(a): Lucia Hiratsuka | Editora(s): Edições SM

Poesia

1º Lugar – Título: Nuvens | Autor(a): Hilda Machado | Editora(s): Editora 34

Romance

1º Lugar – Título: O pai da menina morta | Autor(a): Tiago Ferro | Editora(s): Todavia

Eixo: Ensaios

Artes

1º Lugar – Título: Arte popular brasileira: olhares contemporâneos | Autor(a): Germana Monte-Mór, Vilma Eid | Editora(s): Editora WMF Martins Fontes, Instituto do Imaginário do Povo Brasileiro

Biografia, Documentário e Reportagem

1º Lugar – Título: Jorge Amado: uma biografia | Autor(a): Joselia Aguiar | Editora(s): Todavia

Ciências

1º Lugar – Título: A caminho de Marte: a incrível jornada de um cientista brasileiro até a NASA | Autor(a): Ivair Gontijo | Editora(s): Editora Sextante

Economia Criativa

1º Lugar – Título: 101 dias com ações mais sustentáveis para mudar o mundo | Autor(a): Marcus Nakagawa | Editora(s): Editora Labrador

Humanidades

1º Lugar – Título: Uma história da desigualdade: a concentração de renda entre os ricos no Brasil 1926 – 2013 | Autor(a): Pedro H. G. Ferreira de Souza | Editora(s): Hucitec Editora Ltda

Eixo: Livro

Capa

1º Lugar – Título: Revela-te, Chico: uma fotobiografia | Capista: Augusto Lins Soares | Editora(s): Bem-Te-Vi Produções Literárias

Ilustração

1º Lugar – Título: Chão de peixes | Ilustrador(a): Lúcia Hiratsuka | Editora(s): Pequena Zahar

Impressão

1º Lugar – Título: Roberto Landell de Moura, o precursor do rádio | Responsável: Rodrigo Moura Visoni | Editora(s): Tamanduá

Projeto Gráfico

1º Lugar – Título: Clarice | Responsável: Felipe Cavalcante | Editora(s): Global Editora

Tradução

1º Lugar – Título: Sobre isto | Tradutor(a): Leticia Mei | Editora(s): Editora 34

Eixo: Inovação

Fomento à Leitura

1º Lugar – Título: Leia para uma Criança | Responsável: Dianne Cristine Rodrigues Melo | Editora(s): Itaú Social

Livro Brasileiro Publicado no Exterior

1º Lugar – Título: A resistência | Autor(a): Julián Fuks | Editora(s): Companhia das Letras, Charco Press

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar