Compartilhar

Editora brasileira Ed5 vence International Excellence Awards 2019

Editora brasileira Ed5 vence International Excellence Awards 2019

A editora brasileira Ed5 ganhou o International Excellence Awards 2019, prêmio concedido pela Feira do Livro de Londres e pela UK Publishers Association. A empresa disputou o prêmio na categoria “Accessible Books Consortium International Excellence Award” com as editoras Ediciones Godot (Argentina) e Kogan Page (Inglaterra).

“Este prêmio nos traz muito orgulho pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido e nos impulsiona a alcançar um objetivo maior, que é o de desenvolver livros e recursos educativos cada vez mais completos e universais. Almejamos processos mais produtivos e em grande escala, que possam auxiliar outros países da América Latina e do mundo, a replicar e aperfeiçoar seus métodos para tornar o conteúdo ‘acessível’ uma preocupação constante desses mercados”, afirma Roberto Maluhy Jr, diretor da Ed5.

Há três anos no mercado, a Ed5 tem como objetivo apresentar soluções para o mercado editorial de revisão e edição de livros didáticos e paradidáticos até produção de livros acessíveis. “Acreditamos que é um direito humano fundamental para todas as pessoas terem a mesma condição de acessar conhecimento, educação, cultura e entretenimento. Esta é uma ação fundamental para promover a autonomia e o desenvolvimento social dos indivíduos. Por outro lado, é um novo passo para o mercado, ao oferecer não apenas os livros convertidos por instituições sem fins lucrativos, mas também todos os títulos necessários e desejados por esses cidadãos”, completa Roberto.

Brasil é finalista da London Book Fair International Excellence Awards 2019 em três categorias

O Brasil se classificou para outras duas categorias do prêmio internacional: The Library of the Year Award com a indicação da Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) e The International Book Trade Journalist Award sendo representada pelo jornalista Leonardo Neto, editor do Publishnews, mídia que apresenta informações sobre o mercado editorial brasileiro. Ao todo, a competição teve finalistas vindos de 26 países e classificados em 17 categorias.

No ano passado, a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) foi nomeada uma das cinco melhores bibliotecas do mundo pela Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA). Ela disputou o prêmio da Feira do Livro de Londres com a Labuto Library Partners (Zâmbia) e a Espoo City Library (Finlândia), que levou o International Excellence Award.

A BVL fica no Parque Villa-Lobos, em São Paulo, em uma área onde antes funcionava um depósito de lixo a céu aberto, e nasceu por meio de um esforço de revitalização e transformação do local. O espaço é frequentado por um público de todas as idades e promove diversos programas voltados para crianças, adultos e idosos.

O vencedor da categoria The International Book Trade Journalist Award foi Porter Andersen, da Publishing Perspectives.

 

voltar