Compartilhar

Embaixada do Brasil em Londres promove grupo de leitura de obras brasileiras

Embaixada do Brasil em Londres promove grupo de leitura de obras brasileiras

Desde 2015, um grupo de entusiastas da literatura brasileira se reúne em Londres, na Inglaterra, para os encontros mensais do Brazilian Bilingual Book Club. O objetivo do clube de leitura promovido pela Embaixada do Brasil em Londres é divulgar autores brasileiros e a língua portuguesa junto ao público britânico.

O site do Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) — conversou com Nadia Kerecuk, funcionária local da embaixada do Brasil na capital inglesa e idealizadora da iniciativa.

O clube tem como membros pessoas de diversas nacionalidades, entre britânicos, portugueses, argentinos, franceses, espanhóis e brasileiros, de diferentes profissões. Segundo a fundadora, essa diversidade contribui para discussões avançadas e abrangentes sobre os temas dos livros estudados.

Na lista de leitura do clube, há títulos de autores mais clássicos, como Clarice Lispector e Machado de Assis, além de escritores contemporâneos, como Milton Hatoum e Daniel Galera.

O conceito do “book club” exige que os participantes leiam a obra sugerida antes do encontro, momento que acontece um debate. Para isso, o site do Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores do Brasil) é alimentado com informações sobre o livro e o autor em pauta para a próxima reunião. Como muitos dos títulos estudados estão sob domínio público, há vezes que o acesso ao conteúdo pode ser feito digitalmente.

“A gente faz a leitura por prazer, para explorar a beleza da nossa literatura”, conta Nadia. E acrescenta: “muitas vezes notamos que as obras não são tão bem conhecidas nem mesmo pelos próprios brasileiros”.

Um ano após a inauguração do Brazilian Bilingual Book Club, em 2016, o Ministério das Relações Exteriores reconheceu a iniciativa como um “modelo de boas práticas” para ser aplicado internacionalmente. Com isso, Nadia foi a responsável por reunir o material feito no primeiro ano do encontro, que resultou no livro “How to run a Bilingual Book Club featuring the first year of Brazilian Bilingual Book Club at the Embassy of Brazil in London”.

A obra está na fase de conclusão, será publicada em inglês e vai conter um passo a passo sobre como fazer um “book club”.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar