Compartilhar

Feira Internacional do Livro de Guadalajara: 10 editoras brasileiras marcam presença no evento

Feira Internacional do Livro de Guadalajara: 10 editoras brasileiras marcam presença no evento

Entre os dias 30 de novembro e 8 de dezembro, uma delegação brasileira com 10 editoras e seis escritores desembarca no México para a 33ª edição da Feira Internacional do Livro de Guadalajara. A participação do Brasil em um dos maiores eventos do mercado do livro do mundo conta com a presença das casas editoriais Callis, Cedic International, Editora Melhoramentos, Edusp, Ubook, Grupo Editorial Global, Ateliê da Escrita, Editora do Brasil, Bibliex e Editora IMEPH.

Os escritores Fabrício Corsaletti, Andréa del Fuego, Jacques Fux, Marcelino Freire, Gustavo Pacheco e Sheyla Smanioto compõe o time de autores do estande brasileiro. O grupo de escritores e editoras tem o apoio do Brazilian Publishers — uma parceria da Câmara Brasileira do Livro (CBL) com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). 

Neste ano, o estande do Brasil em Guadalajara terá, além de livros em português, títulos em espanhol para a venda. Essa novidade é possível graças a uma parceria do Brazilian Publishers e do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

De acordo com Cristiane Silvestrin, da Edusp, a casa pretende levar ao evento 20 títulos de seu catálogo e espera ampliar a visibilidade a reforçar sua posição como uma das maiores editoras universitárias do país. 

“Procuramos marcar reuniões com editores para apresentar nosso catálogo e para conhecer os catálogos deles, e ainda participar de palestras e seminários dirigidos aos profissionais, e, claro, à edição universitária”, conta. Além disso, Cristiane ressalta que outro objetivo é conhecer de perto e interagir com o público visitante, que sempre é muito interessado nos títulos da Edusp.

Para Fernanda Dantas, gerente executiva do Brazilian Publishers, a Feira Internacional do Livro de Guadalajara é um dos momentos mais importantes do ano para as editoras que têm como mercado-alvo de exportações de direitos autorais a América Latina e países com o espanhol com idioma. 

“É um ecossistema perfeito para as editoras brasileiras prospectarem negócios e fazerem networking junto às editoras de toda a região. Além disso, como estamos com um grupo de 10 casas de peso e nomes fortes de autores brasileiros, acredito que o nosso estande será uma vitrine para a divulgação do Brasil como um polo de produção de conteúdo de qualidade”, finaliza.  

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar