Compartilhar

Participação brasileira na Feira do Livro de Sharjah 2018 gera US$ 136 mil em negócios

Participação brasileira na Feira do Livro de Sharjah 2018 gera US$ 136 mil em negócios

A Feira Internacional do Livro de Sharjah ocorreu de 31 de outubro até 10 de novembro e contou com a presença de oito editoras brasileiras, que participaram do evento com o apoio do Brazilian Publishers – projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). As reuniões de matchmaking realizadas durante a feira geraram US$ 136 mil em expectativas de negócios para os próximos 12 meses.

A editora de Relações Internacionais da Emirates Publishers Association (EPA), Rawan Dabbas, afirma que o potencial de negócios da literatura brasileira é enorme. “A história e o tamanho do mercado editorial brasileiro forneceram aos editores dos Emirados uma plataforma diversificada para explorar pequenas e grandes editoras. Além disso, o Brasil tem uma diáspora árabe de cerca de 12 milhões de pessoas. Em nossas visitas a São Paulo, descobrimos um interesse pela cultura árabe em geral e a necessidade de livros em árabe nessa parte do mundo”, explicou Rawan.

Das oito editoras brasileiras que compareceram ao evento, cinco participaram pela primeira vez. “Encontrar os mesmos editores que vieram para Sharjah na edição anterior e conhecer profissionais que vieram pela primeira vez foi um sinal de que os laços entre as duas nações estão se estreitando”, complementou Rawan.

“Estamos bastante satisfeitos com a participação brasileira na Feira Internacional do Livro de Sharjah. Acredito que o resultado é um reflexo da aproximação que temos realizado em feiras internacionais nos últimos dois anos e, principalmente, durante a Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Ter Sharjah como convidado de honra foi essencial para divulgar a cultura brasileira e isso contribuiu para as reuniões de negócios que ocorreram durante o evento”, afirmou Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes, Gerente de Relações Internacionais da Câmara Brasileira do Livro e Gerente do Brazilian Publishers.

Conheça as oito editoras brasileiras que participaram do evento aqui

Editora Cortez lança três títulos em árabe

Após o encontro de negócios realizado durante a última Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, três livros brasileiros foram lançados durante a Feira Internacional do Livro de Sharjah.

As obras “Brisa na Janela” (2016), “A Cidade dos Carregadores de Pedras” (2012) e “Na Janela do Trem” (2013) foram originalmente publicadas pela Editora Cortez no Brasil e traduzidas pela editora AlHudhud Publishing & Translation em Sharjah. “Sempre que recebo um dos nossos livros publicado em outro idioma fico muito feliz por poder ver a materialização do trabalho que temos desenvolvido junto à CBL e ao Brazilian Publishers”, disse Erivan Gomes, assessor de projetos nacionais e internacionais da Cortez Editora”.

Para saber mais sobre os livros lançados, acesse

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar