Compartilhar

Restless Books vence 60º Prêmio Jabuti com a publicação internacional de “Fim”

Restless Books vence 60º Prêmio Jabuti com a publicação internacional de “Fim”

Uma vez ao ano, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) marca as páginas da história da literatura brasileira com a entrega do Prêmio Jabuti – o maior e mais expressivo recnhecimento do mercado editorial brasileiro. Durante a noite da última quinta-feira (9), 18 autores e editoras foram reconhecidos pela instituição. Entre eles, a Restless Books que ganhou na categoria “Livro Brasileiro Publicado no Exterior” pela publicação de “Fim” (The End). A obra tem autoria de Fernanda Torres e foi divulgada no Brasil pela Companhia das Letras.

A categoria “Livro Brasileiro Publicado no Exterior” foi inserida na premiação em 2017 e faz parte de um trabalho de internacionalização do conteúdo editorial brasileiro promovido pelo Brazilian Publishers, projeto da Câmara Brasileira do Livro (CBL) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A gestora responsável pelo Projeto Brazilian Publishers na Apex-Brasil, Isabel Fontoura, explica que a categoria internacional da premiação divulga a literatura brasileira. “A Apex-Brasil entende que é de enorme relevância para a produção editorial nacional. Por meio da internacionalização do setor e do reconhecimento das editoras que acreditam no potencial literário do nosso país, conseguimos ampliar e fortalecer o acesso de profissionais e leitores internacionais à cultura brasileira”, disse.

“Livros nos trazem conhecimento, abrem novos horizontes e as obras finalistas da edição deste ano são a prova disso. São textos que exploram com qualidade e sentimento as nossas grandezas e tradições. São títulos que representam uma produção editorial moderna, diversa e criativa. A promoção da leitura é o caminho para o desenvolvimento, e  o nosso maior objetivo é instigar a curiosidade, provocar a descoberta e corresponder a paixão do nosso leitor. Nossa missão é levar a leitura para os quatro cantos do país e para além do Brasil”, afirmou o Presidente da Câmara Brasileira do Livro, Luis Antonio Torelli.

O título “Fim” é o primeiro romance de Fernanda Torres e traz a história de cinco amigos que relembram passagens marcantes de suas histórias, como festas, casamentos, arrependimentos, separações, entre outros temas.

Livro do Ano

A categoria “Livro do Ano” da premiação contempla o melhor livro classificado nos eixos Literatura e Ensaios. O vencedor da edição 2018 foi a obra “À Cidade”, do poeta cearense Mailson Furtado. Além da estatueta, o autor levou para casa o prêmio de R$ 100 mil.

“Esse livro foi praticamente todo feito à mão, uma obra totalmente independente. Até o desenho da capa é meu. Essa indicação e esse prêmio abrem um pouco da janela para uma literatura que se faz sozinho e independente. Esse prêmio não é meu, é nosso”, disse Mailson.

“’À Cidade’ apresenta a visão de uma pequena cidade do sertão e suas mudanças acompanhadas pelo caminhar do Rio Acaraú, localizado na Zona Norte do Ceará. No poema, a cidade se constrói, se destrói, se remonta e ganha inúmeras significações. A obra intercala elementos geográficos históricos, políticos, folcloristas, entre outros. É uma obra que narra o meu lugar, uma cidade que nasceu há menos de 50 anos. E agora eu estou com esse Jabuti na mão por causa dela”, explicou Mailson.

Conheça as obras vencedoras nas outras categorias aqui.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar