Compartilhar

Série Autores Brasileiros: Julián Fuks recebe Prêmio Anna Seghers 2018

Série Autores Brasileiros: Julián Fuks recebe Prêmio Anna Seghers 2018

Em 2012, o escritor Julián Fuks foi eleito um dos vinte melhores jovens escritores brasileiros. Agora, Fuks foi contemplado com o Prêmio alemão Anna Seghers pela publicação do romance “A Resistência” (2015). Inspirado na própria história do autor, a obra aborda memórias pessoais, sociais e políticas a partir da narrativa de sua família, que se exilou no Brasil para fugir da ditadura da Argentina. Em busca das próprias origens, Julián também aborda sua relação com o irmão mais velho, que foi adotado.

“É um livro importante para mim não só pelo impacto que ele teve no Brasil e em outros lugares, mas também porque é um dos livros mais pessoais que eu já escrevi. Ele exigiu um ato de sinceridade da minha escrita, e isso torna o livro bastante significativo”, explicou o autor que faz parte da Série Autores Brasileiros, uma iniciativa do Brazilian Publishers, projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Fuks recebeu o prêmio na última sexta (23), em Berlim. “Foi uma grande surpresa pra mim, porque o livro ainda não foi publicado na Alemanha. Foi uma satisfação ver que a literatura está atravessando fronteiras, chegando a lugares inesperados e criando novos vínculos que eu não sabia que existiam”, conta o escritor. Até o momento, a obra já teve os seus direitos comprados por editoras da Argentina, França, Itália e Inglaterra.

“A Resistência” também ganhou o Prêmio Jabuti em 2016 na categoria Romance e Livro do Ano. Organizado pela Câmara Brasileira do Livro, a premiação é o maior evento do mercado editorial brasileiro e já contemplou autores como Jorge Amado, Lygia Fagundes Telles, Clarice Lispector e Caio Fernando Abreu, entre outros.

Outros livros do autor também foram selecionados como finalistas em outras edições do Jabuti, como “Procura do Romance” (2011), no qual a narrativa aborda a história de um escritor em crise e o processo de elaboração de um livro, versando sobre a dúvida, a dor e a indecisão no ato de escrever, e “Histórias de Literatura e Cegueira” (2007), que foi publicado na Romênia. A partir da vida e obra dos escritores Jorge Luis Borges, João Cabral de Melo Neto e James Joyce, Julián Fuks constrói pequenas histórias fragmentadas de momentos da trajetória de cada um dos escritores, que possuem em comum a cegueira precoce ou tardia.

Atualmente, o autor está trabalhando em um novo romance chamado “A Ocupação”, que tem como ponto de partida uma ocupação de moradores sem teto no centro de São Paulo.

Sobre a Série: Autores Brasileiros

Em busca de incentivar o conhecimento sobre a literatura contemporânea brasileira, o Brazilian Publishers, projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), criou a série “Autores Brasileiros”, que traz informações sobre escritores nacionais da atualidade.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

voltar