Livro “A mancha”, da editora FTD Educação, chega à Coreia do Sul

A Mancha
20/05/2021

O livro infantil “A Mancha”, com poesia de Guilherme Gontijo Flores e ilustrações de Daniel Kondo, teve os direitos de publicação adquiridos pela editora sul-coreana Hanulim Publishing, com intermediação da agência local The Choice Maker Korea. A obra deve ser lançada no mercado sul-coreano ainda neste primeiro semestre de 2021.

A obra é editada originalmente pela FTD Educação, editora participante do Brazilian Publishers – projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A Editorial Norma, da Colômbia, comprou recentemente os direitos para lançar a obra no país.

“A Mancha” conta para as crianças, em linguagem leve e de poesia, a história de um acidente ambiental ocorrido no Brasil, em que um derramamento de petróleo atingiu as praias do Nordeste e de parte do Sudeste do país em 2019. E assim, a obra ajuda os pequenos leitores a pensarem na importância dos cuidados com a natureza.

FTD na Coreia do Sul

Este é o segundo título da editora que chega à Coreia do Sul este ano. Como contamos por aqui, “Além da Chuva” também teve direitos comprados no país, dessa vez pela editora Spoonbook.

“É uma conquista enorme ter mais um livro da FTD Educação publicado no mercado sul-coreano, fruto de um intenso trabalho de ampliação da rede de parceiros internacionais. Assim como o livro Além da chuva, recém-lançado na Coreia, estreitamos contato com agentes locais para apresentar mais uma obra de temática universal, que despertou o interesse na editora Hanulim. É a produção editorial brasileira sendo disseminada na Ásia”, diz Tassia Oliveira, assistente de relações internacionais na FTD Educação.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.