Autores Brasileiros: Fernanda de Oliveira e Cindy Stockler

29/10/2021

A Feira do Livro de Frankfurt é sempre uma oportunidade especial para editoras e autores que buscam ter um contato direto com públicos internacionais. O evento, que começou no último dia 20 de outubro, tem as mais diversas atrações do mundo literário e editorial.

Por isso, esta edição da Série Autores Brasileiros, iniciativa do Brazilian Publishers – uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) –  celebra algumas autoras que estão presentes no evento: é o caso de Fernanda  Oliveira e Cindy Stockler.

Fernanda Oliveira escreveu seu primeiro livro quando tinha 8 anos de idade e desde então embarcou na jornada de livros infantojuvenis. Hoje, com 37 anos, ela conta com um repertório de cerca de 30 obras, incluindo a franquia Zoic e alguns outros livros educativos. Também conhecida por Fê Liz, devido ao seu canal no Youtube (Canal da Fê Liz), no qual a artista canta, conta, incentiva a leitura e traz conhecimentos sobre literatura infantil. 

Desde 2016, quando lançou a coleção de livros “Zoic – Zoic e o Destino do Planeta”; “Zoic e a Música Mágica”; “Zoic e as Peças Alienígenas”,  Fê Liz tem focado em traduzir e exportar suas obras. Todos os livros da coleção foram publicados pela Editora Callis e têm ilustrações de Jótah, Cecília Esteves e Biry Sarkis, respectivamente. Eles também contam com audiolivros com músicas de Giordano Pagotti. As histórias giram em torno das aventuras de Zoic, um alienígena que visita o planeta Terra e conhece Jonas e o avô Venture. Em 2019, Fernanda foi destaque na Feira de Bolonha, onde apresentou suas obras infantis.

O primeiro romance da paulistana Cindy Stockler, “Callíope, a Escrava de Atenas”, foi lançado em 2017 no Brasil, e em 2019 na Grécia. A narrativa conta a história de Callíope, uma garota que foi entregue a um homem mais velho quando tinha 15 anos, conforme os costumes da época. O título foi finalista do Prêmio Jabuti 2020 na categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior.

Apesar de ser uma ficção foi produzida por meio de uma extensa pesquisa realizada pela autora. “O meu escritório era uma grande bagunça com livros abertos por todos os lados, mapas estendidos no chão, planilhas com a linha do tempo desenvolvendo os episódios que aconteciam na história entremeados com fatos verídicos da época, com a Guerra do Peloponeso. Mergulhei no século V a. C. e andei pelas ruas de Atenas junto aos personagens”, conta Cindy ao site do Brazilian Publishers na época do lançamento.

A autora participa da Feira de Frankfurt representando a editora Letras do Pensamento. Durante a sua carreira, Cindy também publicou “Operação Caipiroska – Ação, Amor e Emoção na Cidade de São Paulo” (2016), um romance ambientado em São Paulo durante o ano de 2005 em meio a diversos escândalos políticos brasileiros.

Neste ano, o tradicional estande brasileiro em Frankfurt será 100% digital. Nele, serão divulgadas as ações do Programa e o novo catálogo de direitos autorais, que apresenta títulos brasileiros das casas participantes do Brazilian Publishers com direitos disponíveis para o mercado internacional. 

Além disso, há duas editoras apoiadas pelo Programa com estandes no evento,a Panda Books e a FTD. Clique aqui e saiba mais sobre as outras iniciativas do Brasil na feira.

Sobre a Série: Autores Brasileiros

Em busca de incentivar o conhecimento sobre a literatura contemporânea brasileira, o Brazilian Publishers, projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), criou a série “Autores Brasileiros”, que traz informações sobre escritores nacionais da atualidade.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.