Celebrações do Dia Mundial da Língua Portuguesa têm programação digital e diversa

Dia Mundial da Língua Portuguesa
05/05/2020

No dia 5 de maio, terça-feira, é comemorado o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Esta é o primeiro ano que a data é celebrada com o reconhecimento da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e a programação — inteiramente digital —  está recheada de palestras, webinários, slams e leituras.

As atrações contam com o apoio da Câmara Brasileira do Livro (CBL) por meio da Comissão para Promoção e Conteúdo em Língua Portuguesa (CPCLP) e do Brazilian Publishers — o programa de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). As atividades são promovidas pela Frente Cultural de Apoio ao Dia Mundial da Língua Portuguesa, Museu da Língua Portuguesa e Embaixadas da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e Instituto Camões.

“A língua portuguesa é falada por 260 milhões de pessoas. É por meio dela que encontramos a maneira de expressar nossa diversidade cultural. Nós comunicamos ideias e valores a partir de nossa fala, de nossa música e da nossa literatura. Temos um papel de inquestionável destaque na promoção do idioma”, comenta a gerente de relações internacionais da CBL e gerente do Brazilian Publishers, Fernanda Dantas.

Para o dia 5, a Frente Cultural de Apoio ao Dia Mundial da Língua Portuguesa preparou uma programação especial com uma série de webinários sobre o tema. Serão quatro mesas com professores, historiadores e especialistas em assuntos relacionados ao ensino de Português. As transmissões começam às 14h30 e debate o tema “Museu da Pessoa e as Imigrações portuguesas para o Brasil”. Depois, às 16h, haverá o debate “Dimensões do português: variedades, modalidades de ensino, expressões culturais e experiências internacionais”. 

Às 17h30, o público assiste a seminário sobre “Os quatro cantos da língua portuguesa: o migrar dentro da pátria”. E, por fim, o tema “Tecnologias na educação e aprendizagem em rede” fecha a programação do Dia Mundial da Língua Portuguesa da Frente.

Para acompanhar os webinários, basta clicar aqui.

Depoimentos

Outra iniciativa da Frente  em comemoração à data é o Mosaico de pessoas, sotaques e histórias. A ação reúne depoimentos de personalidades do mercado editorial sobre a diversidade da língua portuguesa. No link, as impressões de nomes como o escritor brasileiro Luiz Rufatto, a contista e jornalista Marina Colasanti, a poetisa Roseana Murray e a escritora Nara Vidal.

Sonhar Brasília

O Dia Mundial da Língua Portuguesa será celebrado pela primeira vez em 2020, mesmo ano em que a cidade de Brasília comemora 60 anos. Pensando nisso, as sete Embaixadas da CPLP, em colaboração com o Governo do Distrito Federal, a Unesco no Brasil e o Instituto Camões lançam a publicação Sonhar Brasília. O livro, com previsão de publicação para o segundo semestre, é dedicado ao público infanto-juvenil reúne oito textos inéditos e ilustrados, de autores dos oito países membros da Comissão – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal e Timor-Leste.

Museu da Língua Portuguesa

O Museu da Língua Portuguesa de São Paulo traz três dias de programação, entre 3 e 5 de maio, das 15h às 19h. Uma série de atrações está agendada envolvendo música, ‘slam’ (apresentação de poesia falada), literatura, contação de histórias, oficina, bate-papos e performances. A transmissão será feita nas páginas do Museu no YouTube e Facebook. 

Para conhecer a programação completa, clique aqui. 

Interprogramas: exibidos entre as atrações

A língua portuguesa, em suas diversas tonalidades, texturas e variações, é o grande elo de Peripécias Poéticas, sob curadoria do FESTLIP – Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa. São pequenos vídeos de poesia vividos por atores de países que falam português, como Guiné-Bissau, Moçambique, Brasil, Portugal e São Tomé e Príncipe.

Já o projeto da Revista Pessoa, “Cartas de um outro tempo”, capta a realidade dramática imposta pelo coronavírus, com a experiência do confinamento, medos e relações com o outro e o mundo. Para o Dia da Língua Portuguesa, cerca de 12 autores vão ler, em vídeo, suas cartas.

O no Clube do Livro do professor moçambicano Nataniel Ngomane leitores compartilham com o público do museu trechos de suas obras favoritas.

Confira a relação completa aqui.

Sobre a CPLP

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) é uma organização internacional formada por países lusófonos cujo objetivo é o “aprofundamento da amizade mútua e da cooperação entre os seus membros”.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.

Informações à imprensa: 

Ana Carolina Barella: +55 11 96397-5565 – ana.carolina@interteiacomunicacao.com.br 

Fernanda Haddad: + 55 13 991491451 – fernanda@interteiacomunicacao.com.br