Confira a programação completa do Brasil na Feira de Frankfurt 2021

22/10/2021

O Brasil irá marcar presença na Feira do Livro de Frankfurt, que ocorre de 20 a 24 de outubro. O Brazilian Publishers projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) preparou uma série de atividades para o evento, todas virtuais. 

Neste ano, o tradicional estande brasileiro na feira será 100% digital. Nele, serão divulgadas as ações do Programa e o novo catálogo de direitos autorais, que apresenta títulos brasileiros das casas participantes do Brazilian Publishers com direitos disponíveis para o mercado internacional, para acessar, basta clicar aqui. 

O Programa apoia, ainda, os estandes de outras duas editoras, são estas a FTD e Panda Books. “Com o formato virtual, as editoras conseguem alcançar um grande número de potenciais parceiros”, explica Fernanda Dantas. “E com isso conseguimos provar para públicos internacionais que o Brasil tem uma produção literária muito rica.”

Na semana passada, antes da feira começar oficialmente, o Brazilian Publishers organizou uma Masterclass apresentada por pela plataforma Skeelo para falar sobre as estratégias de distribuição de livros digitais e audiolivros: no caso, como a empresa alcançou grandes públicos com audiobooks acessíveis atrelados a serviços de operadoras de telefone.

No dia 21, quinta-feira, o Brazilian Publishers marcou também presença no The Hof, um espaço casual de networking organizado na Feira de Frankfurt, no qual editores podem mostrar um pouco da cultura de seus países para potenciais parceiros internacionais. No espaço brasileiro, o Programa promoveu um tutorial de como fazer a clássica Caipirinha, além de uma apresentação sobre o mercado editorial do país.

Autores brasileiros em Frankfurt

Alguns autores estarão presentes no evento através da GIRABRASIL, plataforma alemã de internacionalização da cultura brasileira. Dentre os eventos organizados pela editora, houve uma entrevista com o autor Júlio Emílio Braz e a tradutora Bettina Neumann, além de uma abertura com Regina Drummond.

Também pela GIRABRASIL, acontece o lançamento do livro “Encantados do Brasil”, com participação dos autores: a escritora Cleo Busatto e o Ilustrador Fê. O livro “GLENSE (Guerillha Literária Espontânea Na Sala de Estar)” também tem uma apresentação feita por Luzia Costa Becker, Valeska Brinkmann e Cléssio Moura de Souza.

O livro “Rancor! Uma história patologicamente normal”, de Marco Ratio e Jamile do Carmo, também faz parte da grade de apresentações do estande da GIRABRASIL, junto com uma palestra sobre ilustrações como forma de comunicação entre culturas. A apresentação será ministrada por Elisabeth Teixeira, Luiz Zonzini, Maurenilson Freire, Yana Marull e Zeka Cintra, todos ilustradores de sucesso no mercado literário brasileiro. Há, ainda na programação, uma sessão de contação de história, com Deborah Calácia, educadora, linguista e escritora de livros infantis e infantojuvenis.

Um total de 846 editoras de diversos países participam do evento virtualmente. No ano passado, a feira contou com mais de 400 mil títulos sendo exibidos, e a ferramenta de matchmaking garantiu mais de 3 mil matches entre editoras do mundo todo. 

“São ao todo sete lançamentos neste ano que estamos levando para Frankfurt. São sete editoras com as quais temos projetos”, explica Britta Mönch-Pingel, editora da GIRABRASIL. “Estamos realmente aproveitando o mote de reconexão da Feira. Queremos marcar presença e não deixar a literatura brasileira sem representação. Precisamos aproveitar a abertura que a Feira deu nesse tempo de pandemia. ”

A feira promove, também, outras atividades, disponibilizadas de maneira gratuita, como o Frankfurt Rights, um painel exclusivo para networking e negociações de direitos autorais. Além disso, o evento disponibiliza sua ferramenta de matchmaking para as casas marcarem reuniões remotas com editoras internacionais.

Sobre a FTD

A FTD, é uma editora brasileira criada em 1902, que sempre pertenceu aos Irmãos Maristas. A sigla FTD é uma homenagem a Frère Théophane Durand, Superior Geral da Congregação Marista entre os anos de 1883 e 1907. Durante sua gestão, ele incentivou os Irmãos a escrever livros escolares para as demais disciplinas. Esses livros passaram a integrar a coleção, que recebeu o título de Coleção de Livros Didáticos FTD. Sua atitude deu enorme estímulo à produção de obras didáticas para todas as disciplinas e deixou sua marca na profissionalização dos Maristas como educadores e na expansão desse grandioso trabalho.

Sobre a Panda Books

Fundada em 1999, a Panda Books surgiu para ser uma editora irreverente, com um catálogo de livros que aliassem informação e diversão. Nossos primeiros lançamentos traziam endereços curiosos das cidades mais procuradas pelos viajantes, almanaques sobre os Jogos Olímpicos, histórias da Fórmula 1, biografias de ídolos do esporte e a clássica coleção que já conquistou várias gerações: O Guia dos Curiosos, que hoje conta com dez volumes temáticos.

Sobre a GIRABRASIL

Especializada na publicação de autores brasileiros no mercado alemão, a GIRABRASIL é comandada por Britta Mönch-Pingel. Ela foi fundada em 2014 e originalmente concebida como uma plataforma de publicação pura para arte e cultura brasileira. É um espaço espaço em que pequenos e médios prestadores de serviços, músicos e artistas possam se apresentar com todas as facetas da diversidade brasileira.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.