De “Torto Arado” a clássicos: confira os livros brasileiros de ficção mais vendidos em 2021

21/12/2021

Durante o ano de 2021, a Nielsen PublishNews divulgou dez listas dos livros brasileiros mais vendidos. Entre os dez autores mais lidos de 2021 na categoria ficção estão: Itamar Vieira Junior, Carolina Maria de Jesus, a estreante Carla Madeira, Augusto Cury, Clara Alves, Gabriel Dearo e Manu Digilio. Também há muitos clássicos da literatura brasileira entre os destaques, como “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector, “Capitães da Areia”, de Jorge Amado e “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos

Sucesso absoluto de vendas, “Torto Arado”, escrito por Itamar Vieira Junior e publicado pela editora Todavia, ocupou o primeiro lugar no ranking de todas as dez listas divulgadas ao longo do ano. O livro venceu o Prêmio Jabuti de 2020 e foi traduzido em vários idiomas. Sua trama baseia-se na realidade do sertão baiano e relata a trajetória de duas irmãs que têm a vida interligada por uma tragédia. Com uma prosa melodiosa, o romance conta uma história de vida e morte, de combate e redenção.

“Quarto de Despejo”, de Carolina Maria de Jesus, publicado pela editora Ática, também figurou entre os dez mais vendidos em todas as listas de 2021. A obra tem como origem o diário da vida da autora, que é ex-catadora de papel, e relata a dura realidade da favela do Canindé, em São Paulo. O livro se sobressai pela linguagem simples, mas contundente, e marca o leitor por seu olhar realista e sensível.

Outro êxito em livros vendidos é a trilogia de livros infantis de Gabriel Dearo e Manu Digilio, publicada pela editora Outro Planeta. O primeiro livro, “As aventuras de Mike”, ficou oito vezes entre os dez mais vendidos nas listas divulgadas durante o ano. Já “As aventuras de Mike: o bebê chegou” alcançou o feito em nove listas. E, por último, “As aventuras de Mike: livro interativo”, também ficou entre os mais vendidos em quatro ocasiões em 2021.

“Tudo é Rio”, livro de estreia de Carla Madeira, publicado pela editora Record, também foi um fenômeno de vendas, alcançando a posição dos dez mais lidos de oito das listas. A obra narra a história do casal Dalva e Venâncio, que tem a vida transformada após uma perda oriunda do ciúme excessivo do companheiro, e de Lucy, a prostituta mais conhecida da cidade, que forma um triângulo amoroso com os protagonistas.

Também tiveram destaque “Conectadas”, de Clara Alves, “Prisioneiros da Mente”, de Augusto Cury, “Amoras”, de Emicida e Aldo Fabrini,  “O Fim em Doses Homeopáticas”, de Igor Pires e “Anos de Chumbo e Outros Contos”, de Chico Buarque. 

O ranking de livros mais vendidos é elaborado a partir da soma das vendas de livrarias selecionadas, portanto é uma amostra e não o universo da venda de livros no Brasil. Nele, é possível verificar as obras mais populares de forma geral ou de acordo com o gênero (ficção, não ficção, autoajuda, infantojuvenil e negócios), além de selecionar o período por semana, mês ou ano. 

Para acessar os rankings das obras mais vendidas e conferir os livros que estrelam nas outras categorias, basta clicar aqui.