Dia Mundial da Poesia: leia trechos de grandes Poetas brasileiros para celebrar a data

Manoel de Barros, Cida Pedrosa e Mailson Furtado
22/03/2021

Neste domingo, 21 de março, é celebrado o Dia Mundial da Poesia. O Brazilian Publisher — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – comemora a data destacando alguns trechos de textos de poetas brasileiros que chamam atenção no gênero.

Manoel de Barros, Cida Pedrosa e Mailson Furtado, mesmo sendo de décadas muito diferentes, conquistam fãs de poesia no Brasil e no mundo com suas obras. Confira abaixo algumas informações sobre cada um deles, e clicando aqui, você acessa o catálogo do Brazilian Publishers repleto de obras de poesia.

Manoel de Barros

Pertencente à geração de 45, da qual se destaca uma leva de grandes poetas brasileiros, Manoel de Barros é autor de uma linguagem inovadora, cheia de neologismos e também chegando às raízes mais profundas da língua portuguesa.

Entre suas obras estão títulos como Poemas concebidos sem pecado [1937], Livro de pré-coisas [1985], O guardador de águas [1989], Menino do mato [2010], Escritos em verbal de ave [2011] e o O fazedor de amanhecer [2001].

Leia um trecho de “Os deslimites da palavra”:

Ando muito completo de vazios.
Meu órgão de morrer me predomina.
Estou sem eternidades.
Não posso mais saber quando amanheço ontem.
Está rengo de mim o amanhecer.
Ouço o tamanho oblíquo de uma folha.
Atrás do ocaso fervem os insetos.
Enfiei o que pude dentro de um grilo o meu
destino.
Essas coisas me mudam para cisco.
A minha independência tem algemas

Saiba mais clicando aqui.

Cida Pedrosa

Vencedora do Prêmio Jabuti 2020, na categoria Livro do Ano com a obra Solo para Vialejo, Cida Pedrosa é um dos nomes que desponta no gênero no Brasil. Além do livro citado, ainda tem no catálogo Claranã (2015) e As filhas de Lilith (2009).

Cida é advogada e poeta, e tem dez livros de poemas publicados, com participação em antologias de poemas e contos no Brasil e exterior.

Leia um trecho de “Solo para Vialejo”:

a mulher virou homem o trabalho
e a desigualdade por baixo da saia: trouxa
na cabeça camisa cáqui de mangas compridas
chapéu de palha quartinha de cabaça e só

calça comprida por baixo da saia
calça comprida por baixo da saia
calça comprida por baixo da saia

Saiba mais aqui.

Mailson Furtado

O último poeta de nossa lista foi ganhador do Prêmio Jabuti em 2018, nas categorias “Melhor Livro do Ano” e “Poesia”, pelo lançamento de À Cidade [2017].

Mailson é autor também de Passeio pelas ruas de mim [e de outros]. Em Varjota (CE), cidade onde sempre viveu, fundou a CIA teatral Criando Arte, onde é ator, diretor e dramaturgo.

Leia o poema Parábola da Gota:

pinga um gota
outra gota
e lá vem outra

depois de quarenta
cento e dez
duzentas e quarenta e três gotas
: um litro
vários litros
uma poça
um rio
um Nilo
um mar de gotas
únicas

única

gota

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.