FTD lança edição interativa de história de Ana Maria Machado aclamada internacionalmente

03/09/2021

“O menino e o maestro”, obra de Ana Maria Machado, uma das grandes autoras da literatura brasileira e mundial, ganha nova edição. O consagrado título volta às prateleiras em versão digital, com experiência de leitura ampliada por áudios e vídeos.

O livro foi relançado no Brasil pela FTD Educação, editora participante do Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

“Esta história celebra um encontro”, diz Ana Maria Machado sobre o livro que narra a amizade entre o pequeno morador de um morro carioca e um maestro. O primeiro tocava tamborim em uma bateria de samba mirim. Já o segundo liderava uma roda de choro e tocava clarinete em uma orquestra sinfônica.  

A obra fala sobre a potência da música para promover laços afetivos, amizade, trabalho infantil e bandono paterno. Acompanham o texto as ilustrações criativas do diretor de arte e desenhista Vinicius Sabbato, que representam visualmente o som dos instrumentos e a imaginação do menino.

 “A história de ‘O Menino e o maestro’ é inventada, nascida da minha imaginação. Mas os personagens que a inspiraram existiram, são pessoas que conheci. O menino era um garoto que nasceu e se criou numa comunidade carioca, estudava flauta doce, gostava de Mozart. O maestro era o grande Paulo Moura, músico maravilhoso, que tocava clarinete em rodas de choro, em conjuntos de câmara e em orquestras de música erudita. Não se conheciam, mas se encontraram em minha história”, conta Ana Maria Machado. 

Após a narrativa, o livro oferece ao leitor conceitos básicos de música e a história de um jovem talento brasileiro, o violinista Guido Sant’Anna, de 16 anos. Para acompanhar este conteúdo extra, basta acessar os códigos QR (QR code), que conduzem à plataforma virtual da FTD Educação.  

Os materiais ampliam a experiência da leitura com a entrevista de Guido em áudio, duas canções clássicas gravadas por ele exclusivamente para o leitor da obra e vídeos educativos do Duo Badulaque, dupla de música infantil formada por Daniel Ayres e Julia Pittier.  

Em sua primeira publicação, em 2016, o livro foi selecionado para integrar o Catálogo White Ravens da Biblioteca da Juventude de Munique, na Alemanha, e ganhou o selo de leitura Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).   

Ana Maria Machado 

A autora já escreveu dez romances, doze livros de ensaios e mais de cem livros infantis. É traduzida em 28 países. Em 2000, ganhou o Prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantil mundial, e no ano seguinte recebeu o maior prêmio literário nacional, o Machado de Assis. Em 2003, entrou para a Academia Brasileira de Letras. Recebeu ainda o Prêmio Príncipe Claus 2010, da Holanda, o Prêmio Casa de las Américas e três Jabutis. 

Vinícius Sabbato

O ilustrador nasceu em 1985 em São Paulo, onde vive atualmente. Ainda na infância, descobriu a paixão pelo desenho e tornou-se desenhista autodidata. Desde 2013, trabalha como diretor de arte em agências de publicidade; a partir de 2017, passou a ilustrar profissionalmente. Suas ilustrações podem ser encontradas em livros, revistas, cartazes, peças publicitárias, entre outros meios. 

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.