Editores do Brazilian Publishers são selecionados para o programa internacional Istambul Fellowship

Fellowship Istanbul
03/03/2021

O Istambul Fellowship, programa que leva editores do mundo inteiro para encontros com agentes internacionais na Turquia, selecionou seis brasileiros para sua edição em 2021. Entre eles estão Fernanda Dantas (CBL), Diego de Oxóssi (Arole Cultural) e Paula Cajaty (Jaguatirica), editoras do Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Além dos citados, também estarão por lá Rebeca Martins Bolite (Intrínseca), Rayana dos Santos Faria (Grupo Editorial Record) e Denya Rabelo Castro (Abroad Negócios Representações). A edição 2021 acontecerá de forma híbrida, entre os dias 9 e 11 de março, dando aos participantes a opção de realizar os encontros de forma virtual ou presencial.

Ao Brazilian Publishers, a editora e representante da Jaguatirica compartilha sua expectativa de conhecer novos interlocutores do Leste Europeu e do Oriente Médio. “Ter sido selecionada para participar, na qualidade de representante de uma editora independente brasileira, é a demonstração de que os países desejam incentivar a troca cultural e literária, e fortalecer laços entre os países, a despeito das dificuldades que vêm se apresentando no contexto dos encontros presenciais”, comenta a editora

Diego de Oxóssi, da Arole, também celebra o convite e o que ele significa para a missão de sua editora. “É o segundo ano consecutivo que somos selecionados para o evento, e queremos conhecer e compreender os mercados de nicho no exterior e suas possibilidades de troca com a produção literária nacional”, conta o editor. “A expectativa é, justamente, compreender de que maneira nossos títulos dialogam com essa cultura para internacionalizar ainda mais nossa produção”, completa Diego.

Fernanda Dantas, Gerente de Relações Internacionais da CBL e Gerente do Projeto Brazilian Publishers, destaca também a importância de saber o que tem acontecido em outros mercados. “Além de poder conhecer ainda mais o mercado turco, participar desse programa é importante para mostrar a produção do Brasil para os outros fellows e saber o que está sendo produzido e distribuído em outros países. Existe uma demanda mundial por literatura que não seja escrita em inglês, e isso pode beneficiar muito a forma como a literatura do Brasil tem sido encarada lá fora”, finaliza Fernanda.

O programa é organizado pela Sociedade Turca de Licenciamento e Direitos Autorais, em parceria com o Ministério da Cultura e Turismo turco.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.