Prêmio Aeilij anuncia vencedores de suas três categorias

29/04/2020

O Prêmio Aeilij, siglas que compõem o nome da Associação de Escritores e Ilustradores da Literatura Infantil e Juvenil (Aeilij), um termômetro da produção infantojuvenil brasileira, acaba de anunciar seus vencedores. As três categorias  premiadas foram Literatura Infantil, Literatura Juvenil e Conjunto de Ilustrações. Diante das condições de isolamento social por conta do novo coronavírus, os finalistas recebem um certificado virtual de condecoração.

O livro vencedor da categoria Literatura Infantil foi “Minha família Enauenê”, escrito por Rita Carelli e ilustrado por Anabella López. A obra é uma publicação da FTD Educação, editora participante do Brazilian Publishers – projeto de internacionalização do conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil)

A história do livro é contada pela própria autora, que passou parte de sua infância na aldeia indígena dos Enauenê-Nauê, no estado do Mato Grosso. Rita aborda costumes e cultura bem diferentes daqueles a que estava habituada, em especial os papéis sociais rígidos estabelecidos para homens e mulheres. De maneira sensível, a obra aborda questões como a dos papéis sociais, da divisão do trabalho, da diversidade cultural e dos diferentes modos de vida.

Na categoria Literatura Juvenil, o vencedor foi o livro “Estou aqui se quiser me ver” (Moderna), de Tânia Alexandre Martinelli. O título relata a visão de um adolescente de 15 anos sobre a sua família de classe média alta. Ele é filho do prefeito de uma cidade do interior paulista. A narrativa discute questões difíceis sobre as relações afetivas e as possibilidades de diálogo entre pessoas de uma mesma família.

Já na categoria Conjunto de Ilustrações, o livro vencedor foi “Motosblim, a incrível enfermaria de bicicletas (Entrelinhas), do autor Aclyse de Mattos e ilustrado por Marcelo Velasco. O livro conta a história real inventada por dois meninos da cidade de Cuiabá, localizada no centro do Brasil. Real, nas lembranças, e dourada pela imaginação do escritor e do ilustrador. O mundo acontece bem ali na rua onde a turma brinca, joga bola, pedala. 

A premiação

Em sua terceira edição, o Prêmio Aeilij tem como objetivo dar visibilidade à produção intelectual e literária nacional, além de incentivar a apreciação de livros bem escritos e ilustrados. A presidente da entidade, Rosana Rios, conta que recebeu inscrições do Brasil inteiro. “Foram semanas de tensão e nosso júri teve muita dificuldade para a seleção, dada a qualidade literária dos participantes. Recebemos livros de todo o país, de editoras pequenas, grandes, independentes”.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.