Prêmio Oceanos divulga a lista de semifinalistas e o Brasil está em destaque

01/09/2020

O prêmio Oceanos e o Itaú Cultural divulgaram recentemente a lista das 54 obras semifinalistas da edição 2020. A premiação reconhece o trabalho de escritores de diversos países de língua portuguesa e nesta edição recebeu inscritos de 3 continentes. O Brasil tem 37 obras classificadas.

Na categoria romance, destacam-se os brasileiros: Djaimilia Pereira de Almeida (A visão das plantas – Relógio D’Água) e vencedora da edição de 2019; Joca Reiners Terron (A morte e o meteoro – Todavia); Julián Fuks (A ocupação – Companhia das Letras); Chico Buarque (Essa gente – Companhia das Letras); Maria Valéria Rezende (Carta à rainha louca – Alfaguara); Luiz Ruffato (O verão tardio – Companhia das Letras); Milton Hatoum (Ponto de Fuga – Companhia das Letras); e Itamar Vieira Junior (Torto arado – Todavia). O Brasil concorre na categoria, com o português José Luís Peixoto e sua Autobiografia, e com Mia Couto, autor de “O universo”, de Moçambique.

O Brasil também tem obras na categoria Contos, com Marcelo Rubens Paiva (O homem ridículo – Tordesilhas) e Veronica Stigger (Sombrio ermo turvo – Todavia). Em Poesia, o país é representado por Adriana Lisboa (Deriva – Relicário); Luci Collin (Rosa que está – Iluminuras) e Telma Scherer (Squirt – Terra Redonda). Em Crônicas, a brasileira Nélida Pinõn, concorre com o livro “Uma furtiva lágrima” (Record).

Uma lista com 10 finalistas deve ser analisada pelo júri do prêmio entre novembro e dezembro deste ano. Dessa banca saem as três obras vencedores e sem distinção por categoria. O primeiro lugar recebe R$ 120 mil, o segundo, R$ 80 mil e o terceiro, R$ 50 mil.

Clique aqui e confira a lista completa de semifinalistas.