Seis casas brasileiras participam de encontro com editoras árabes, em iniciativa de aquecimento para a Publishers Conference

01/10/2021

Nesta semana, a Emirates Publishers Association (EPA) promoveu uma sessão de matchmaking entre editores árabes e brasileiros, e seis participantes do Brazilian Publishers – uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, (Apex-Brasil) – marcaram presença. 

A iniciativa foi uma rodada de aquecimento para a tradicional Publishers Conference, que acontece entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro, no Emirado de Sharjah. Para preparar as editoras Ateliê da Escrita, Jaguatirica, Carochinha, Melhoramentos, FTD e Mil Caramiolas para essa negociação, o Brazilian Publishers realizou um webinar sobre estratégias para o mercado árabe. O evento aconteceu virtualmente, no dia 24 de setembro, e contou com a participação da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira.

Fernanda Dantas, gerente de relações internacionais da CBL e gerente executiva do Brazilian Publishers, conta que o mercado está em amplo crescimento e à procura de bons autores brasileiros. “Resultados de programas como o da bolsa de tradução do Brazilian Publishers mostram como esses leitores têm interesse em nossas histórias. Em 2020, por exemplo, apoiamos a tradução de 3 livros para uma editora árabe, e este ano mais 2. ”, revela Fernanda. 

A Publishers Conference é um encontro presencial, fechado, no qual editoras selecionadas pela organização são convidadas e se encontram para rodadas de negócios. Até o momento, seis editoras brasileiras já estão com a presença garantida. As inscrições para a seleção ficam abertas até o dia primeiro de outubro e o prazo de resposta para os candidatos é até o meio de outubro. 

Para saber de mais detalhes, basta acessar o site da Feira Internacional do Livro de Sharjah.

Feira de Sharjah

Já a Feira Internacional do Livro de Sharjah acontece posteriormente à conferência e é um dos maiores nexos do mercado editorial em todo o mundo. Neste ano, o evento acontece entre os dias 3 e 13 de novembro. 

Em 2019, Sharjah, um dos Emirados Árabes Unidos, foi declarado Capital Mundial do Livro pela UNESCO. O evento teve sua primeira edição em 1982, por iniciativa do Sultão Muhammad Al-Qasimi. Desde então, a Feira chegou a ter milhares de editoras e milhões de visitantes.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.