Série Autores Brasileiros: Raphael Montes entre livros e telas

15/01/2021

O escritor e roteirista Raphael Montes foi o primeiro vencedor da nova categoria Romance de Entretenimento do Prêmio Jabuti 2020, e é o personagem da semana da Série Autores Brasileiros. A campanha é uma iniciativa do Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Lançada em 2019, a obra Uma mulher no escuro (Companhia das Letras), é o quinto romance do autor. Uma semana após seu lançamento, o livro chegou a 11º da lista de mais vendidos da Revista Veja, e ao oitavo lugar da lista de mais vendidos do site PublishNews. A obra fechou o ano de 2020 como vencedora do Prêmio Jabuti 2020 na categoria Romance de Entretenimento.

Nascido no Rio de Janeiro em 1990, Raphael começou a escrever curtos contos para seus colegas de sala quando tinha aproximadamente 13 anos. Ele estreou na literatura em 2009, ao publicar o conto A professora na antologia policial Assassinos S/A: contos policiais brasileiros (Editora Multifoco). E ao longo de sua carreira, o autor coleciona prêmios e suas obras ganham destaque por onde passam. 

Seu primeiro romance, Suicidas, foi lançado anos depois, em 2012, e foi finalista dos prêmios Benvirá, Prêmio Biblioteca Nacional na categoria Machado de Assis – romance, além do Prêmio São Paulo de Literatura. A obra também foi adaptada para o teatro, em 2015. Dias Perfeitos (Companhia das Letras), seu segundo romance, ganhou o mundo e foi lançado em mais de 14 países, incluindo Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Holanda, Itália e França. Além disso, a obra foi adaptada para o cinema.

Sob o pseudônimo Andrea Killmore, Montes lançou, em 2016, o livro Bom dia, Verônica, escrito em parceria com a escritora e criminologista brasileira Ilana Casoy. Somente em 2019, três anos após o lançamento, a “identidade” de Andrea foi divulgada, e posteriormente, lançada numa nova edição, agora com os nomes dos autores originais. Em 2020, a obra foi adaptada pela Netflix. A plataforma de streaming transformou a obra em uma série com o mesmo nome. 

O site de notícias The Guardian descreveu seu trabalho como sendo capaz de aliar a atmosfera de suspense de um filme de Alfred Hitchcock ao humor de Quentin Tarantino. Até março de 2020, estima-se que todos os seus livros juntos tenham vendido cerca de 100 mil cópias no Brasil, e que a sua obra já tenha sido traduzida para mais de 10 idiomas.

Sobre a Série Autores Brasileiros

Em busca de incentivar o conhecimento sobre a literatura contemporânea brasileira, o Brazilian Publishers, projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), criou a série “Autores Brasileiros”, que traz informações sobre escritores nacionais da atualidade.

Sobre o Brazilian Publishers

Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.